Vendedor Online

O que é uma cadeira ergonômica? – NR 17

A Ergonomia é a ciência que estuda as interações estabelecidas entre o ser humano e o seu ambiente de trabalho, com o intuito principal de promover um ambiente laboral saudável e produtivo.

Em termos de cadeira ergonômica, você sabe quais são as características físicas exigidas por lei e quais normas regulamentam a indústria moveleira nesse sentido? Caso você seja responsável pela compra de mobiliário empresarial, atue no setor de recursos humanos ou simplesmente queira aprender mais sobre cadeiras ergonômicas institucionais, acompanhe o texto a seguir! Aprenda a escolher as melhores cadeiras para os diversos setores da sua empresa.

Breve história da Ergonomia

A Ergonomia é uma ciência relativamente nova, uma vez que ganhou maiores proporções após a Segunda Guerra Mundial (1939 a 1945). Nesse período, percebeu-se que pilotos de aviões de caça apresentavam melhor desempenho quando o avião era desenvolvido de acordo com suas proporções corporais (altura e peso, basicamente).

Os primeiros relatos de estudos da Ergonomia datam de 1857, uma vez que a Revolução Industrial (1840 a 1870) foi a mola propulsora para o surgimento desse tipo de estudo. As condições de trabalho, enfrentadas no início desse processo, eram muito precárias e levaram diversos trabalhadores ao óbito devido às jornadas exaustivas, ambientes insalubres e lesões físicas permanentes.

Para analisar as interações entre o ser humano e o seu ambiente de trabalho, a Ergonomia se utiliza do conhecimento de diversas outras ciências como: fisiologia, biomecânica, antropometria e sociologia. A Ergonomia não se atém apenas à saúde física do trabalhador, mas também à saúde psíquica, tratando o ambiente laboral saudável de uma forma mais ampla. Assim, a Ergonomia busca encontrar as melhores soluções para adequar a realização do trabalho às características e necessidades humanas. No Brasil, em 1983, surge a Associação Brasileira de Ergonomia.

Investir em Ergonomia significa cuidar do bem mais valioso de qualquer empresa: o trabalhador. Os móveis ergonômicos têm o potencial de evitar acidentes de trabalho, diminuir o cansaço ao longo das horas em uma mesma posição e evitar doenças momentâneas ou permanentes. É importante ter em mente que grande parte das patologias diagnosticadas em consultórios médicos foram originadas pela vivência/convivência em ambientes de trabalho.

Transtornos laborais mais comuns

Funcionário valorizado, que tem à sua disposição um ambiente laboral saudável, onde há respeito e consideração pelas atividades realizadas por cada um que compõe a empresa, produz mais e com melhor qualidade. Investir em ergonomia impacta positivamente os lucros da empresa! Em uma sociedade extremamente digital, investir em seus funcionários significa investir no “Branding” (gestão da marca) do seu negócio, conquistando a fidelidade dos consumidores que se identificam com o conceito da sua marca.

Veja, a seguir alguns dos transtornos mais comuns entre os trabalhadores:

LER: Lesão por esforço repetitivo. Trata-se de uma doença muscular, dos tendões e ligamentos ocasionada por esforços repetitivos, realizados de forma incorreta em relação à postura física do trabalhador. Cadeiras ergonômicas evitam esse tipo de sofrimento.

STRESS: O stress em determinado grau é necessário para que a pessoa se movimenta em busca de seus objetivos. O problema surge quando esse equilíbrio é rompido e o trabalhador passa a ter dificuldade para gerenciar a pressão que sofre em suas atividades diárias. Cadeiras ergonômicas promovem maior relaxamento para o corpo e para a mente.

PROBLEMAS POSTURAIS: A postura é o aspecto da atividade laboral mais influenciado pelo tipo de cadeira que se utiliza. A cadeira e a mesa interferem diretamente na saúde postural do trabalhador, uma vez que estabelecem contato direto com o corpo humano ao longo de várias horas seguidas. Cadeiras e mesas ergonômicas são essenciais em qualquer ambiente de trabalho, principalmente em escritórios e áreas de telemarketing, onde a permanência dos trabalhadores sentados tende a ser maior.

Características de uma cadeira ergonômica

A NR17 (Norma Reguladora), de novembro de 1990, regulamenta e orienta os procedimentos obrigatórios, no Brasil, para promover o máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente para os trabalhadores de telemarketing e operadores de caixa. Esta e outras normas reguladoras podem ser encontradas dentro do corpo de lei apresentado pela CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas).

De acordo com a NR17 cabe ao empregador realizar a análise ergonômica do trabalho a ser desenvolvido por seus funcionários (tanto aqueles que atuam no espaço físico da empresa como aqueles que trabalham em ambientes que não pertencem fisicamente à empresa). A análise ergonômica deve ser desenvolvida por profissional capacitado, com especialização em Ergonomia.

Cadeiras ergonômicas são aquelas que atendem a todos os requisitos mínimos de segurança, conforto e desempenho eficiente apresentados pela NR17. Conheça, a seguir, alguns desses requisitos mínimos e saiba identificá-los quando for adquirir as cadeiras de sua empresa.

  1. Assento com altura ajustável à estatura do trabalhador;
  2. Assento com altura ajustável à natureza do trabalho a ser desenvolvido;
  3. Assento com base que apresente pouca ou nenhuma conformação;
  4. Assento com borda frontal arredondada;
  5. Assento estofado com material de densidade entre 40 e 50kg/m³;
  6. Assento com profundidade útil entre 38 e 46cm;
  7. Assento e encosto estofados com tecido que permita a perspiração;
  8. Encosto com forma levemente adaptada ao corpo do trabalhador para proteger a região da lombar;
  9. Encosto com altura e sentido anteroposterior ajustáveis;
  10. Podem ser exigidos apoios para os pés que se adequem ao cumprimento das pernas do trabalhador, com o intuito de possibilitar o relaxamento das pernas durante longas horas de trabalho sentado;
  11. Apoio para braços regulável, com altura podendo variar entre 20 e 25cm de altura a partir do assento;
  12. Cadeira com apoio em cinco pés com rodízios;
  13. Pés com rodízios que não comprometam a estabilidade do assento e que cuja resistência impeça movimentos involuntários.

Para adquirir cadeiras ergonômicas de qualidade estabeleça parceria com fornecedores certificados e reconhecidos no mercado moveleiro ergonômico. A Vitrine Móveis conta com profissionais capacitados e experientes, além de cadeiras ergonômicas de excelência que irão te ajudar a vencer esse desafio.

Vitrine Móveis: Ergonomia que impulsiona os seus negócios! Cadeiras ergonômicas certificadas e acessíveis. Será um prazer tê-lo como nosso parceiro. Entre em contato com um de nossos representantes e acesse o site para conhecer as promoções vigentes.

Comente aqui

Your email address will not be published. Required fields are marked *